Contactar
  • Español
  • Português
Inicio
El Proyecto
Socios
Objetivos y Actividades
Últimas noticias
Hemeroteca
Eventos
Documentos
Galería de imágenes
Enlaces de interés
¿Sabías que...
Aquamac (2003-2005)
Águas recicladas para rega IGA investe 700 mil euros em sistemas elevatórios para reciclar águas residuais

Fuente: Diário Notícias Madeira de 25-06-2008

De modo a reciclar águas residuais, a Investimentos e Gestão da Água (IGA) está a construir em Machico um sistema elevatório para reaproveitamento do efluente da ETAR local, que visa proporcionar água de rega a mais de 400 regantes de Machico e Caniçal, num investimento orçado em cerca de 700 mil euros.

Trata-se de um projecto que pretende contribuir para reforçar e apoiar a competitividade da agricultura, enquanto actividade central das zonas rurais.

O presidente da IGA realça que "a reciclagem de águas residuais consubstancia um objectivo importante na gestão dos recursos hídricos regionais", razão pela qual a ETAR de Machico, que foi concebida com o objectivo de efectuar o tratamento das águas residuais de Machico e de Água de Pena, proporciona assim que "parte do efluente seja submetido a tratamento de nível terciário, por forma a ser possível a sua reutilização para o regadio", destaca Pimenta de França.

Dois sistemas elevatórios

O governante sustenta que é com essa finalidade que, no âmbito da presente empreitada, estão em construção dois sistemas elevatórios. Descreve que o sistema elevatório da ETAR de Machico (1º nível de bombeamento) tem "uma altura de elevação de 220 metros, realizado mediante o fornecimento e montagem de equipamentos electromecânicos num espaço existente na ETAR, para elevação das águas residuais tratadas nesta instalação para o reservatório de rega do Paraíso de Cima, localizado nas imediações do antigo túnel rodoviário que liga Machico ao Caniçal". O sistema inclui ainda "o fornecimento e instalação em vala de uma conduta adutora de ferro fundido de 250 milímetros, numa extensão de 2000 metros", pormenoriza Pimenta de França. "O caudal a elevar é de 50 litros por segundo", regista.

Depois temos "o sistema elevatório do reservatório de rega do Paraíso de Cima (2º nível de bombeamento), com uma altura de elevação de 25 metros de altura, realizado mediante o fornecimento e montagem de equipamentos electromecânicos num espaço novo construído junto do reservatório de rega existente, para elevação de água de rega até à caixa de derivação da levada Machico-Caniçal, localizada junto ao túnel rodoviário". Este equipamento prevê "o fornecimento e instalação em vala de uma conduta adutora de ferro fundido, de 150 milímetros, numa extensão de 200 metros". O abastecimento de água ao reservatório Paraíso de Cima é actualmente feito através de uma derivação da levada Machico-Caniçal, passando também a estar disponível o abastecimento a partir deste sistema elevatório. "O caudal a elevar é de 20 litros por segundo", concretiza.

Esta empreitada encontra-se em execução pela IGA com recurso a um investimento público da ordem dos 700 mil euros, mediante apoio financeiro (85%) da União Europeia ao abrigo do FEOGA.

Mais de 400 reGantes abrangidos

A empreitada que a IGA tem em curso "possibilitará encaminhar parte do efluente final da ETAR, tratado ao nível terciário, para o reservatório de rega existente, localizado no sítio do Paraíso de Cima, beneficiando desse modo o regadio da margem esquerda da Ribeira de Machico, designadamente cerca de 231 regantes dos sítios do Paraíso, Graça, Banda d'Além e Misericórdia", enumera.

A água residual tratada é também transferida para a levada Machico-Caniçal, junto ao túnel rodoviário na Estrada Regional 214, "garantindo o reforço da levada e a adução aos reservatórios do Parque Agrícola do Caniçal, Zona Franca do Caniçal e lagoa da Rochinha, beneficiando desse modo cerca de 170 regantes do Caniçal", aponta.

 
© 2017 Instituto Tecnológico de Canarias, S.A.
Información legal e institucional | Política de Protección de Datos

Sitio optimizado para Internet Explorer. Se necesita Macromedia Flash Player 8 ó superior